Procrastinar é necessário!

Com a entrada de um novo ano, você promete que vai se alimentar melhor, tornar-se mais ativo, ser mais tolerante e focado no trabalho. Vai tirar aquele projeto que há muito tempo  está engavetado. Pois bem, essas promessas na grande maioria das vezes não chega a serem realizadas e com isso um sentimento de frustração vai tomando conta de você. Não se desespere ou se sinta mal com isso, praticamente todos nós passamos por situações assim. Afinal somos seres humanos e nosso corpo e mente são programados para sempre optarem pelo menor esforço, a fim de poupar energia vital para a vida. Herança de nossos tempos de caverna, onde o principal objetivo de vida era manter-se vivo. Com a vida contemporânea, este deixou de ser o maior dos problemas, mas nosso corpo e nosso cérebro ainda não entenderam estas mudanças.

Pois bem, então você tem duas opções, ou se conforma com isso e vive uma trajetória frustrante, ou então desafia seu cérebro e seu corpo e mostra que você é dono de suas vontades e atitudes. Não espere facilidade caso opte pela segunda opção. Ela demanda esforço, muitas vezes você pensará em desistir e voltar a sua tranquila zona de conforto. Só os que perseveram é que conseguem tirar os sonhos e planos do papel.

Por que procrastinar?

O comportamento que nós precisamos buscar para que de fato consigamos realizar nossos objetivos é o foco. Mas meu intuito aqui não é de falar somente de foco. Quero falar de um comportamento contrário, que todos nós experimentamos em diversos momentos da vida, e acredite, ele é extremamente saudável. A procrastinação. Procrastinar é vagar por ai sem produzir nada, é entreter-se com algo, é dar um descanso para o cérebro. Todas as pessoas procrastinam diversas vezes em seu dia de trabalho. Esta é uma ferramenta do cérebro para poupar energia. Mas então é bom procrastinar? Sim meus amigos, é bom! Mas na hora certa.

Assim como você come com mais avidez quando está com fome, você vai procrastinar e se recuperar melhor quando tiver suas tarefas prontas e estiver de fato relaxado. Resumindo, o foco para terminar suas atividades e ser mais produtivo, te dará o direito de uma procrastinação melhor e mais tranquila.

Como já falei, não é nada fácil deixar de procrastinar e manter o foco. Porém quem é responsável por suas atitudes é você! Decida que você tem que priorizar atividades, saber escolhê-las e somente quando estiverem prontas, se dar ao deleite de procrastinar. Muitas pessoas não focam em suas atividades e alternam períodos de baixa produtividade com procrastinação. Assim não fazem nem uma coisa nem outra.

Existem diversas técnicas para manter o foco, mas creio que antes disso você precisa praticar. A maneira como você vai fazer é irrelevante, desde que você consiga manter-se focado por um bom período. Períodos de uma ou duas horas de foco, com 10 ou 15 minutos de procrastinação são os mais comuns e perfeitamente aceitáveis. Em duas horas com foco por exemplo, você consegue produzir muita coisa e ficará livre para ter 15 minutinhos para procrastinar. Pois bem, busque maneiras de eleger suas prioridades e foque em terminá-las antes de vagar despreocupadamente por ai.

No meio do marketing de conteúdo, isso pode te ajudar a ter melhores ideias para posts e campanhas!

 

1 Comentário


  1. Confesso que tenho este “Vício” de Procrastinar.

    Quando surge uma Coisa Pra Fazer, logo minha mente fica tentando adiar.

    Que Ódio !!

    Mas vou aprender a controlar Isto !

    Valeu !!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *