Esquecer de pagar as contas é a terceira maior causa da inadimplência

Esquecer de pagar as contas é a terceira maior causa da inadimplência. Portanto, tome muito cuidado para não esquecer de pagar as contas e não cair na armadilha do endividamento.

Tenho certeza que você recebe um emaranhado de contas mensalmente e, seu primeiro ato é reclamar que não aguenta pagar tantas contas e acaba deixando-as em algum lugar para pagar depois.

Esse ato é um grande perigo, porque esse depois acaba caindo no esquecimento por conta das diversas tarefas e problemas que você tem que resolver no dia a dia.

Você chega do trabalho cansado(a) é só quer saber de dar aquela relaxada ou passar um tempo com sua família, as contas, nem passa pela sua cabeça.

Realizar todos os afazeres do dia a dia tem se tornado uma tarefa insana e não importa se são tarefas ou mesmo contas à pagar, os compromissos esquecidos sempre causam transtornos a qualquer pessoa.

As contas acabam ficando no mesmo lugar que você deixou, sabe lá onde, para ser pagas quando tiver um tempinho nesta vida repleta de coisas a fazer.

Gastar é uma das melhores sensações do mundo, o problema é esquecer de pagar as contas depois.

Consequências ao esquecer de pagar as contas

Devido as diversas tarefas do dia a dia, é difícil encontrar alguém que não tenha esquecido de pagar as contas.

O problema é que esquecer de pagar as contas pode sair muito caro e pode gerar uma enorme dor de cabeça.

Além dos juros e multas, dependendo da conta esquecida, você pode ter seu nome negativado e,  ainda pior, ter a interrupção do serviço devido ao atraso.

O dinheiro já é curto e muitas vezes termina antes do final do mês. Agora, imagina ter que arcar com juros e multas porque você esqueceu de pagar uma conta.

Pensando por esse lado, não é melhor tomar uma atitude agora para nunca mais ver seu suado dinheiro sendo desperdiçado com uma tarefa tão simples?

Portanto, assume que isso é um problema grave e que precisa ser resolvido com o apoio de todos os integrantes da família.

Ao aceitar que se trata de uma situação que precisa ser resolvida, você deve colocar em prática algumas ações que vou relevar para nunca mais esquecer de pagar as contas.

Solução para não esquecer de pagar as contas

Já que você identificou que esquecer de pagar as contas é um problema que precisa ser resolvido, vou apresentar algumas soluções para que isso não ocorra mais.

Algumas soluções são muito simples e você vai se perguntar: porque não pensei e não fiz isso antes?

Agora não adianta ficar se lamentando pelo que passou, arregace as mangas e coloque em prática algumas ações que forem práticas para você.

Listar as contas a pagar

A primeira atitude a tomar é listar todas as contas a pagar. Você pode utilizar a planilha de contas a pagar que disponibilizamos por meio deste link.

Nessa planilha, você colocará a data do débito, na descrição será digitado qual a conta a ser paga, o valor e o total a ser pago.

Agendar o pagamento do boleto ou da conta no dia em que recebê-la.

O boleto chegou em sua casa? Então não espere para tomar uma atitude depois.

Aproveita as tecnologias de leitura de código de barras de seu celular e agende o pagamento de acordo com a data de vencimento descrita no boleto.

Por meio dessa simples atitude, você nunca mais perderá a data de pagamento de algum boleto que chegar em sua casa.

Veja como é um gesto simples, porém, eficiente para não esquecer de pagar as contas.

Colocar a conta no débito automático

Algumas contas como água, luz, telefone e alguns outros serviços, possuem a opção de débito automático.

O débito automático é muito simples: você cadastra a conta em seu banco e no dia do vencimento  o valor é debitado automaticamente de sua conta corrente.

Você não terá que se preocupar com o vencimento da conta. Sua única preocupação será deixar o valor correspondente em sua conta corrente no dia do vencimento.

Para as pessoas que possuem saldo no banco, é uma boa maneira de não esquecer de pagar as contas, principalmente porque não existe cobrança adicional.

Mas deve-se ter atenção dobrada para que haja saldo na conta corrente. Caso não haja saldo, você estará recorrendo ao limite do cheque especial.

Esse procedimento não será nada inteligente, porque os juros do cheque especial são um dos maiores do mercado.

Receber os boletos via DDA

O DDA é um sistema que permite que o cliente receba sua conta por meio eletrônico – através do e-bank ou dos caixas eletrônicos – ao invés do meio tradicional, boletos de papel enviados pelo correio.

O sistema apresentará as contas para consulta e é o cliente que escolhe a opção de pagamento.

Este pagamento poderá ser efetuado por meio do internet banking, caixa eletrônico, ou na agência bancária.

Vantagens

Segurança: sem possibilidade de perda ou extravio de documentos.

Confidencial: ninguém manuseia os boletos, só os bancos.

Controle: você poderá visualizar todos os boletos em seu nome, independente da instituição financeira emissora da cobrança.

Praticidade: não será mais preciso digitar os dados da cobrança (linha digitável, com 47 algarismos).

Agilidade: as cobranças chegarão em um dia útil.  Atualmente, esse prazo é de até seis dias úteis após o registro.

Para não esquecer os compromissos, você verá um aviso sobre boletos novos ou com vencimento próximo quando acessar sua conta na internet ou nos Terminais de Autoatendimento.

Fonte: Banco do Brasil

Utilizar e registrar o pagamento da conta no seu orçamento doméstico

A falta de conhecimento dos compromissos assumidos é um dos maiores causadores da inadimplência.

Portanto, ter uma ferramenta de controle financeiro é fundamental para não esquecer de pagar as contas.

Seu fluxo de caixa deve ser idêntico a de uma empresa, com entradas e saídas. Porque é assim que as empresas de sucesso prosperam.

Anote todos os débitos agendados em sua planilha. Com isso, você terá uma visão real de seu orçamento e quais serão os próximos compromissos financeiros.

Antecipar o pagamento das contas que oferecem descontos

Existe algumas contas que possuem descontos caso o pagamento seja antecipado, tais como:

Financiamento casa, financiamento carro, pagamento a vista do IPTU e IPVA, anuidade dos órgãos fiscalizadores e reguladores como: Coren, CRM  e outros.

Verifique junto a escola do filho, academia e outros estabelecimentos qual o valor do pagamento da anuidade se for efetuado a vista.

Se houver um bom desconto, verifique a possibilidade de efetuar tal pagamento.

Renegociar em caso de dificuldade

Caso tenha esquecido de pagar alguma conta e o valor tenha aumentado muito por conta da multa e dos juros, aja rapidamente.

Não protele e entre em contato com a empresa responsável pela conta e efetue a negociação para que o valor da parcela caiba em seu bolso.

Não fique esperando que a “bomba estoure”, se antecipe a uma possível turbulência maior e renegocie o quanto antes.

Está gostando desse artigo?

Cadastre seu email no campo abaixo para ser o primeiro a receber novas atualizações do site

Fique Atualizado

Cadastre seu email e receba gratuitamente as atualizações do Resenha Virtual!


Dicas para não esquecer de pagar as contas

Quase tudo o que fazemos e/ou adquirimos envolve dinheiro.

Ao longo da vida, estamos sujeitos a pagar contas das mais diversas naturezas. Como lidar sabiamente com essa situação tão rotineira?

Vejamos algumas considerações a esse respeito.

1. Pague em dia

Uma das bases da boa educação financeira é ter o hábito de pagar as contas no vencimento.

Assim, você não desperdiça dinheiro, pagando juros e multas por atrasos.

É importante se organizar em relação às datas, aos documentos e ao planejamento do pagamento de contas e faturas.

2. Débito em conta

Avalie a possibilidade de pagar algumas de suas contas e faturas com o débito automático na sua conta bancária.

A comodidade do débito automático é interessante, e pode livrá-lo de pagar juros por se esquecer de pagar a conta em dia.

Mas tome cuidado ao escolher esse método.

Você deve estar atento para que sua conta corrente tenha saldo (recurso) suficiente na data do débito.

3. Datas de vencimento

Muitas faturas, tais como de cartão de crédito ou de concessionárias de serviços públicos (água, luz, telefone), permitem que você escolha a data de vencimento.

É um facilitador para a sua organização, pois permite concentrar todas as faturas em um mesmo dia ou período do mês.

Fica mais fácil pagar as contas quando o vencimento é mais próximo da data em que você recebe seu salário ou suas rendas.

4. Compra parcelada

Você deve ter um controle de todas as suas compras parceladas, seja com cartão, carnê ou cheque, evitando a possibilidade de esquecer algum pagamento.

Evite o excesso de compras parceladas para não comprometer o controle de pagamento de suas contas.

E lembre-se de que, enquanto estiver pagando as parcelas, elas impactam seu orçamento mensal, diminuindo sua renda disponível.

Você é o principal responsável pelo gerenciamento de sua vida financeira.

Fonte: Bacen

Resumo

Veja abaixo os 7 passos necessários para nunca mais esquecer de pagar as contas.

  1. Listar as contas a pagar
  2. Agendar o pagamento do boleto ou da conta no dia em que recebê-la.
  3. Colocar a conta no débito automático
  4. Receber os boletos via DDA
  5. Utilizar e registrar o pagamento da conta no seu orçamento doméstico
  6. Antecipar o pagamento das contas que oferecem descontos
  7. Renegociar em caso de dificuldade

Conclusão

Há diversas maneiras de evitar de esquecer de pagar as contas, você deve utilizar uma ou todas as formas para evitar o esquecimento.

O dinheiro que não está sobrando no final do mês, muitas vezes são relativos as contas esquecidas.

Porque você pode estar com o orçamento contado e não estava esperando pelos juros e multas das contas não pagas.

É fundamental também que você se certifique de que sempre haverá saldo em sua conta quando você agendar o pagamento.

Não adianta agendar a conta para evitar o esquecimento e se livrar dos juros e multas e não deixar saldo suficiente para o débito em sua conta.

Porque você vai acabar utilizando o limite do cheque especial que possui um das maiores taxas de juros do mercado, perdendo somente para o rotativo do cartão de crédito.

O orçamento doméstico será primordial, porque é por meio dessa ferramenta que você fará o mapeamento de seu orçamento e terá uma visualização precisa de sua vida financeira.

Para um melhor entendimento sobre a constituição de um orçamento, recomendo acessar o artigo como planejar e organizar suas finanças. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *