Devo Usar Suplementos para Ganhar Massa Muscular?

Esta é uma das perguntas mais recorrentes em pessoas que iniciam na musculação. Por ser uma indústria de grandes proporções, as propagandas e apelos de suplementos são muito grandes e muitas pessoas acreditam que para ganhar massa muscular eles são indispensáveis dentro de uma periodização para musculação! Pois bem, por mais polêmico que o assunto seja, uma coisa lhe garanto, com disciplina, boa alimentação e treino você pode sim conseguir bons ganhos de massa muscular sem usar suplementos. A questão toda é que a grande maioria das pessoas não tem nem disciplina, nem disponibilidade de tempo para ter uma dieta equilibrada e assim acabam optando pelos suplementos.

Se bem utilizados, dentro das dosagens certas, os suplementos podem ser muito eficientes. Agora se mal utilizados, além de fazerem os resultados ficarem aquém do esperado, ainda por cima podem prejudicar sua saúde e seu rendimento. Por isso você deve tomar cuidado com a ingestão de suplementos, principalmente se ela for feita de maneira irresponsável e sem acompanhamento de um bom profissional.

Como Funcionam os Principais Suplementos?

Com um mercado tão amplo surgem inúmeras dúvidas sobre como usar cada suplemento e em que ele pode ser útil. Assim, veja a seguir como funcionam os principais suplementos do mercado.

  1. Whey Protein: Este é provavelmente o mais conhecido e comentado de todos os suplementos proteicos. Este suplemento é a base de proteína retirada do soro do leite, extraída durante o processo de transformação do leite em queijo. Tem uma rápida absorção. Na maioria das vezes é ingerido logo pela manhã ou então no pós treino, onde é de fato mais indicado, pois assim  auxilia no processo de reconstrução muscular após o treino e diminui o catabolismo.

Leia também: treino de  hipertrofia muscular para pernas!

  1. BCAA: Geralmente é tomado em cápsulas. Estes são os aminoácidos que possuem  cadeia ramificada, ou também conhecidos como essenciais. São aminoácidos  que não são produzidos pelo organismo,  A L-Valina, L-Leucina  e L-Isoleucina e basicamente atuam na reconstrução muscular, tendo importante papel na hipertrofia. Também tem ação bastante concentrada  sobre a insulina, que é um poderoso hormônio para a hipertrofia.
  2. Creatina: este é um dos suplementos mais utilizados, mas que não tem sua real efetividade comprovada para pessoas que não sejam atletas de esportes de potência. A Creatina, que já é produzida por nosso corpo, serve para resinteitzar o ATP, principal fonte de energia para contrações musculares. Diversos defensores dela dizem que aumentar os níveis para que  com um efeito cumulativo, aumentaríamos  a resistência e a explosão muscular.
  3. L-Carnitinina: este não é um suplemento somente proteico, mas auxilia na construção  da hipertrofia. Sua principal ação é a diminuição dos depósitos de gordura e aumento dos níveis de energia provenientes dos músculos. A L-Carnitina transporta a gordura armazenada para as dentro das células, onde ela é gasta em forma de energia, processo conhecido como oxidação lipídica.

Estes são alguns dos principais suplementos que o mercado oferece. Dentro de cada um deles existem milhares de variações e outros componentes. É importante receber auxilio de um profissional para que ele possa te ajudar a escolher qual de fato se enquadra melhor dentro do que você procura e dentro de sua periodização!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *