Creme Antissinais

Conforme o tempo passa, nossas células da pele vão se desgastando, e isso é um grande problema principalmente para as mulheres.Muitas delas desejam manter a pele jovem, sem rugas, com elasticidade e jovial,porém sem o auxílio de profissionais e cosméticos, é quase impossível chegar no resultado desejado por elas. Para resolver estas questões, muitas mulheres apostam  no creme antissinais, que se tornam aliados na luta contra o desgaste da pele.

Alguns dermatologistas afirmam que não há no mercado um creme antissinais ideal para combater o envelhecimento e as rugas que são formadas na pele. Em sua maioria,os cremes antissinais são usados apenas como coadjuvantes. “O envelhecimento natural e hormonal da pele, começa aproximadamente aos 37 anos e está relacionado aos efeitos que o tempo causa na pele, as alterações bioquímicas e moleculares, além das alterações hormonais, como a menopausa. São sinais visíveis que se manifestam em toda a pele, que se torna mais fina, mais seca, e perde a elasticidade, surgindo rugas finas e sulcos na face”, afirma uma dermatologista do Rio de Janeiro.

Em relação aos cremes, existem dois tipos de cremes, que são os mais usados:

  • Recomendados pelo médico: São geralmente a base de ácido retinóico, que funcionam como tratamento para às rugas e demais necessidades da pele.Os prescritos são medicamentos utilizados para corrigir e reverter o processo de desgaste do colágeno e da elastina, estimulando assim a nova célula de colágeno e aumentando a renovação das células, favorecendo a elasticidade da pele. O uso contínuo faz com que a pele fique mais clara, mais saudável e, a longo prazo, contribui para a diminuição das rugas finas, proporcionando uma aparência melhor e mais jovem, o que toda mulher deseja.
  • Dermocosméticos de farmácia: A função dos dermocosméticos é completamente diferente, que a dos cosméticos recomendados pelo médico, ela é mais superficial. Os dermocosméticos servem como cremes para prevenir o envelhecimento e ressecamento da pele, e não para o tratamento. No entanto, por possuírem filtro solar, são recomendados para os dias quentes, como no verão por exemplo.Contudo, é sempre interessante realizar uma consulta com o seu dermatologista para saber qual deve ser o procedimento correto a ser tomado.

Uma questão importante que deve ser explicada sobre este tipo de cosmético em pacientes muito jovens é que, mesmo que você use cremes indicados para idades mais avançadas, o resultado não acontecerá mais rápido ou com mais qualidade. Na verdade, há um grande risco de prejudicar a pele, causando mais problemas ao inés de resolver o problema que você já tinha. Isso porque, de acordo com o envelhecimento da pele, ela vai perdendo a sua oleosidade natural, e um creme para idade mais avançada pode descompensar essa oleosidade de uma pessoa mais jovem.Por isso é recomendado que procure um especialista para ter o melhor resultado possível e não ter a pele mais prejudicada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *